Como se posicionar nas redes sociais

Posicionamento é uma forma de declarar sua promessa, bem como sua imagem pretendida de maneira concisa e clara. Essa declaração, em alguns casos, pode até fazer parte do seu site pessoal ou ser traduzida em algum slogan para estar no perfil das suas redes sociais. Entretanto, a declaração é mais um guia para lhe dar certeza do que dizer.

No entanto, é bom entender que estamos submetidos a uma avalanche constante de informações vindas dos mais diferentes lugares.

Há uma batalha ininterrupta pela nossa atenção e nessa guerra os vencedores são aqueles que, realmente, entendem o que a audiência está buscando e, mais que isso, desejando.

Por isso, sua declaração deve realmente apresentar algo de diferente que faça sentido para a audiência. Uma boa estratégia para captação dessa atenção é resumir sua declaração em algumas propriedades discursivas.

PROPRIEDADE DISCURSIVA

Se posicionamento é algo claro para nós, resta agora entender melhor o que seria uma propriedade discursiva. Marcas e produtos, normalmente, são registrados em órgãos governamentais, com o intuito de estarem protegidos legalmente de pirataria ou usos indevidos pelos não proprietários.

Quer dizer, os donos assumem a propriedade desses ativos e os usam de maneira adequada.

O mesmo deve ser feito com questões discursivas. Você pode identificar alguns campos ou conceitos atrelados ao seu posicionamento e às suas competências para se apropriar deles, como sendo o profissional ou pessoa por excelência capaz de falar sobre.

Por exemplo, Ricardo Amorim (economista, apresentador do Manhattan Connection, com mais de 540 mil seguidores no linkedin) trabalha em cima de propriedades discursivas muito claras: economia, valor, empregabilidade, rentabilidade. Já Luiza Helena Trajano (líder da rede de lojas Magazine Luiza, com mais de 36 mil seguidores no Instagram) tem propriedades discursivas muito bem definidas e importantes: empoderamento feminino; protagonismo feminino e empreendedorismo.

Provavelmente, o posicionamento destes dois expoentes em seus campos é uma declaração concisa e objetiva, de onde foi possível extrair tais propriedades discursivas. Esses assuntos, por mais que sejam trabalhados por outras pessoas, acabam sempre remetendo aos dois e reforçando suas imagens.

Para finalizar, veja algumas dicas de como melhorar seu posicionamento:

  1. Trabalhe seu perfil nas redes sociais para que as propriedades discursivas fiquem claras.
  2. Use hastags associadas às suas propriedades discursivas (mas não abuse).
  3. Retome as propriedades discursivas em apresentações, postagens, artigos e outras formas de comunicação da sua marca pessoal.
  4. Dê visibilidade às propriedades discursivas, pois elas são mais fáceis de serem lembradas, justamente, por serem objetivas.
  5. Especialize-se nos campos das suas propriedades discursivas. Demonstre bastante conhecimento sobre o que está dizendo.

Bom, espero que a leitura tenha sido proveitosa e, como sempre, foco no sucesso

Dr. Fábio Caim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *